Durante o encontro, o governador apresentou as medidas implementadas até agora para conter o
impacto da pandemia no sistema de saúde e esclareceu sobre o acompanhamento dos casos

 

    O Governo de Roraima realizou nesta sexta-feira, 22, uma reunião de atualização e avaliação das medidas adotadas até agora, entre os membros do Comitê de Crise, criado para acompanhar as ações executadas no Estado.


Os candidatos devem se apresentar, nessa segunda-feira, 25, na CGTES
(Coordenadoria Geral de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde)

 

    O Governo de Roraima por meio da Sesau (Secretaria de Saúde) vai contratar mais profissionais para reforçar o trabalho de enfrentamento contra a COVID-19. Trata-se da sétima chamada do seletivo simplificado para a contratação direta temporária de profissionais de saúde, que consiste na contratação de 90 técnicos de enfermagem.


O trabalho de vacinação será coordenado pelo NEPNI (Núcleo Estadual do Programa
Nacional de Imunização), e já inicia hoje com a distribuição das doses

 

    O Governo do Estado anunciou durante coletiva de imprensa, no salão nobre do Palácio Senador Hélio Campos, como será executado o Plano Estadual de Imunização, contra a COVID-19, com foco na aplicação de 87.720 vacinas Coronavac, recebidas pelo MS (Ministério da Saúde).


A Unidade realiza em média 900 partos por mês, e para os profissionais da Maternidade, trazer
novas vidas ao mundo no meio de uma pandemia foi um verdadeiro desafio

 

    A vacinação contra a COVID-19 continua a todo vapor em Roraima, nessa sexta-feira, 22, o HMI (Hospital Materno Infantil Nossa senhora de Nazaré) iniciou a primeira fase de vacinação para os trabalhadores da saúde na Unidade, a expectativa é que até o final da próxima semana 1.294 profissionais sejam vacinados.


A distribuição das vacinas ocorreu em Boa Vista com a entrega de 10.694 doses para o
Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador Centro Norte)

 

    O Governo de Roraima por meio da Sesau (Secretaria de Saúde) iniciou nesta terça-feira, 19, a distribuição das primeiras doses da vacina contra a COVID-19. As vacinas que estavam armazenadas no Núcleo Estadual do PNI (Programa Nacional de Imunização) atenderão o público alvo definido como prioritário pelo MS (Ministério da Saúde).